Formação Sindical

Observatório Emprego

Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Agenda Sindical

 

 

20 de Dezembro (por tempo indeterminado):

Greve (de duas horas) na Setofresa & Associados, empresa metalomecânica na Mitrena (Setúbal), para exigir o aumento dos salários e do subsídio de refeição e a melhoria das condições de trabalho.

Fonte: FIEQUIMETAL

2 de Abril (por tempo indeterminado):

Greve (de 2 horas por turno) dos trabalhadores da Inapal Plásticos com vista a encontrar um entendimento/compromisso com a empresa sobre matérias constantes do Caderno Reivindicativo.

Fonte: CGTP-IN

11 de Maio (por tempo indeterminado):

Greve (1 hora por turno) dos trabalhadores da Tegopi, empresa de fabrico de torres eólicas, contra injustiças salariais e por respostas ao seu caderno reivindicativo.

Fonte: FIEQUIMETAL

26 de Agosto (por tempo indeterminado):

Greve (todos os domingos) dos trabalhadores da Vanpro Assentos Lda, empresa fornecedora da Autoeuropa, contra a imposição da alteração dos horários de trabalho.

Fonte: FIEQUIMETAL

29 de Outubro (até final do ano lectivo):

Greve nacional (ao trabalho suplementar) dos professores, pela contagem integral do tempo de serviço e contra a fixação de horários de trabalho ilegais.

Fonte: FENPROF

1 de Novembro (por tempo indeterminado):

Greve (às horas extra) dos técnicos da Fundação Centro Cultural de Belém (FCCB), convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores de Espetáculos, do Audiovisual e dos Músicos (CENA-STE), devido à utilização abusiva do trabalho suplementar.

Fonte: CENA-STE


5 de Novembro a 31 de Dezembro:

Greve parcialgreve nacional 24h dia 14/11 e ainda paralisações alternadas nas diversas comarcas dos funcionários judiciais que exigem avanços na revisão das carreiras e o desbloqueamento das negociações para a aprovação do estatuto profissional.

Fonte: SFJ

5 de Novembro (por tempo indeterminado):

Greve (ao trabalho suplementar) dos estivadores em todos os portos nacionais, até que haja um contrato coletivo de trabalho.

Fonte: CGTP-IN

20 de Novembro 2018 a Outubro 2019:

Greve nacional (21 dias) dos juízes portugueses, aprovada em assembleia geral, como medida de protesto para alcançar um acordo global e estável para a revisão completa do EMJ.

Fonte: ASJP

1 de Dezembro 2018 a 1 de Janeiro 2019:

Greve (ao atendimento complementar nos fins-de-semana) dos enfermeiros do ACES Almada Seixal, contra este atendimento complementar dentro do horário normal de trabalho.

Fonte: SEP

3, 7, 10 e 14 de Dezembro:

Greve (2 horas/turno e ao trabalho suplementar) e concentrações dos trabalhadores da Fico Cables, na Maia, em defesa do caderno reivindicativo, contra a discriminação salarial e por aumentos salariais justos.

Fonte: FIEQUIMETAL

4 a 10 de Dezembro:

Paralisação às horas que excedam as oito horas de trabalho em cada um dos turnos e equipas dos trabalhadores produtores de telenovelas da Plural Entertainment, pela redução do período normal de trabalho (PNT).

Fonte: CENA

10 de Dezembro:

Greve dos trabalhadores da Via Porto/Barraqueiro, em defesa das suas reivindicações, entre as quais o desbloqueio da negociação do Acordo da Empresa.

Fonte: FECTRANS

12 de Dezembro:

Plenário e concentração de enfermeiros no IPO de Lisboa, das 8h00 às 11h00, com entrega de abaixo-assinado. em defesa do descongelamento das progressões com a contagem dos pontos justamente devidos.

Fonte: SEP

12 de Dezembro:

Greve e concentração de protesto dos trabalhadores da Eurest nas cantinas das escolas de Gondomar, por melhores condições de vida e de trabalho.

Fonte: CGTP-IN

17 de Dezembro a 14 de Janeiro:

Períodos de greve dos trabalhadores da Petrogal nas diversas refinarias do país e greve ao trabalho suplementar, pelo fim da ofensiva da administração contra a contratação colectiva e os direitos sociais.

Fonte: FIEQUIMETAL

18 de Dezembro:

Greve dos enfermeiros da ARS Centro - ACES Baixo Mondego, Pinhal Interior Norte e DICAD -, das 8h00 às 24h00 e concentração em frente à ARS, pelas 11h00, pela justa e correcta contagem dos pontos para efeito do descongelamento das progressões.

Fonte: SEP

19 de Dezembro a 2 de Janeiro:

Greve dos bombeiros profissionais contra os decretos-lei aprovados pelo Governo em Outubro, pela valorização da carreira e por uma aposentação digna.

Fonte: STAL

3 e 4 de Janeiro 2019:

Greve dos trabalhadores das Rodoviárias do Tejo, do Lis e do Oeste, empresas do grupo Barraqueiro, em luta pelas suas reivindicações de aumento dos salários e unificação das regras de trabalho nas três empresas.

Fonte: FECTRANS

 

contra a imposição de alterações ilegais de horários de trabalho